O menino que vivia tropeçando

Rosângela Trajano

Era uma vez um menino que tropeçava em tudo: na dúvida, nas escolhas, no choro, nos problemas da vida e no colorir. Isso causava-lhe dores. E as dores iam direto para o seu coração pequenino e cheio de ternura.
O menino levava muitos tropeços, mas sempre se levantava, limpava a roupa e seguia adiante. Nunca parava, nunca desistia. Ele sabia que o importante era seguir em frente com a cabeça levantada, sem vergonha de nada.
Aquele menino, um dia tropeçou em uma grande dúvida: quem sou eu? E ficou a e perguntar o tempo todo. Encontrou algumas respostas e muitas perguntas. Era difícil saber quem era, pois se conhecia pouco, porém a partir daquele dia passaria a observar cada gesto e atitude sua. Com o tempo, o menino foi parando de tropeçar, pois aprendeu a tirar as pedras do seu caminho, mas isso levou um bom tempo… é preciso ter paciência para tudo.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é um tropeço?

2 – Por que tropeçamos nas dúvidas?

3 – Você já tropeçou numa escolha?

4 – Qual o seu maior tropeço na vida?

5 – Quem é você?

Desenhe você tropeçando em alguma coisa.

Sétimo ano