Escravidão

Rosângela Trajano

 

Deixou marcas nos negros

O brasil explorou homens

E mulheres encantadores

Que aqui sofreram dores

 

Precisamos lembrar sempre

Que a liberdade é para todos

É hora do negro lutar

Pelos seus direitos procurar

 

A senzala acabou

Ficaram as memórias

O tronco e o senhorzinho

Nunca mais castigarão

Esse povo de bom coração

Consciência Negra