O menino e aculturação

Rosângela Trajano

O menino aprendeu o termo “aculturação”. Chegou em casa e foi contar o que ele significava para a vovó, meio que admirado.
– Vovó, você acha que um grupo pode dominar a cultura de outro grupo?
– Sim, meu querido. Depende da cultura de cada um. Sobreviverá a cultura mais forte.
– Pois é, vovó. Foi isso que aprendi hoje na escola. Aculturação é quando uma cultura se apropria de outra. Isso ocorre muito nas diversas sociedades.
– Isso mesmo, Davi. Os homens quando passam a se conhecer melhor levam consigo a sua cultura e daí eles querem transmitir a outros povos. Quem tem uma cultura mais fraca, termina por perdê-la e a mais forte sobrevive.
– Por isso que temos diversas culturas no Brasil?
– Também. O Brasil é um país de vasta extensão territorial e povos de várias etnias e raças, cada um com a sua cultura. A cultura mais forte se sobrepõe a do mais fraco.
– Eu gosto da nossa cultura, vovó. Não vou deixar que ninguém a tire de nós.
– Isso mesmo, Davi. Temos que lutar pela nossa cultura. Assim conservamos as nossas tradições.
O menino Davi foi brincar de esconde-esconde com os seus amiguinhos na rua, pensando em como brincavam as crianças de uma tribo indígena que ficava perto dali e tinha outra cultura.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é aculturação?

2 – Por que ocorre a aculturação?

3 – O que a aculturação faz com os povos?

4 – Como preservar a nossa cultura?

5 – Por que somos seres culturais?

Desenhe a aculturação conforme a leitura do texto.

Nono ano