Dia frio

Era um dia de frio e o menino morava em uma casa cheia de goteiras e paredes de generosidade. As paredes eram tão generosas que se encolhiam todas para que o menino não sentisse tanto frio.
As paredes generosas da casa do menino preferiam sentir frio do que vê-lo se tremendo de frio. Sem cobertor o menino se esquentava perto das suas paredes generosas. E ele achava aquilo a maior maravilha do mundo! Paredes feitas de tijolos e cimento generosos. Uma casa igual aquela ninguém tinha, só ele. Só ele podia dizer que morava numa casa de paredes generosas. E quando ventava as paredes se encolhiam de forma que cobriam o menino para que o vento passasse pelo alto e não fizesse mais frio no seu corpinho. Mas, as paredes sentiam frio, tadinhas. Elas se sacrificavam pelo bem do menino.
As paredes e o menino eram felizes naquela casa onde a generosidade morava na sala, cozinha, quarto e banheiro. Em cada parede um pouco de generosidade. E o menino sorria, feliz.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é generosidade?

2 – Por que a generosidade é importante?

3 – Por que é bom ser generoso?

4 – Como podemos ser generosos para com as pessoas?

5 – O que faz de você uma pessoa generosa?

Desenhe você sendo generoso(a).

Oitavo ano