O menino das três caixas

Rosângela Trajano

Era uma vez um menino que ganhou três caixas fechadas de presente. Disseram que só era para ele abrir quando estivesse sozinho.

Um dia, o irmão mais velho do menino que dormia com ele foi dormir na casa do amigo e, pela primeira vez, se viu sozinho. Então, retirou as três caixas debaixo da cama e abriu o mais rápido que pôde.

Grande foi a decepção, dentro das três caixas tinha um livro velho em cada uma. O que ia fazer com eles? Para que serviam livros velhos e cheios de traças?

Mas, o menino abriu o primeiro e gostou da história de um velho homem que amava uma criança; abriu o segundo e tinha um outro velho homem que amava os animais e quando abriu o terceiro tinha um velho homem que amava o mundo. Que legal, disse o menino espantado! Velhos que fazem coisas bonitas pelo mundo!

Sim, o menino chegou a conclusão que as coisas e pessoas velhas também são importantes, por isso ele limpou bem os livros com um pano, tirou todas as traças deles e os colocou bem na frente da estante para que todos pudessem contemplar e lê-los.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é uma coisa velha?

2 – Por que, geralmente, deixamos de lado as coisas velhas?

3 – Como devemos cuidar das pessoas velhas?

4 – O que as pessoas velhas podem nos ensinar?

5 – Por que as pessoas velhas precisam de cuidados?

Desenhe você cuidando de uma coisa, animal ou pessoa velha.

Quarto ano