A reprovação da menina

Rosângela Trajano

Era uma vez uma menina de cabelos cacheados e olhinhos trocados. Meio tímida e sem jeito para as coisas.
Guardava em si um sonho bonito e maior que o mundo. Tão grande era o sonho que a menina vivia cheia feito um balão.
Para conquistar esse sonho era preciso estudar muito e foi o que fez a menina. Comprou livros e mais livros, sentou-se à mesa da sua biblioteca e passou meses estudando. Nem saía para ver o sol nascer ou contar as estrelas. Esqueceu-se de tomar banho e de comer.
No dia da prova, a menina foi toda contente. Mas, quando pegou a prova ao invés de responder de forma técnica divagou nas metáforas e começou a poetizar.
Já pensou uma poeta fazendo uma prova de engenharia?
Esperou dias pelo resultado, comendo as unhas, ansiosa, olhando para o relógio, perguntando a mãe quantos dias faltavam para chegar o dia 22 de outubro de 2018. E os dias pareciam não passar.
Até que enfim o dia 22 de outubro de 2018 chegou e a menina correu para o computador ver o resultado da sua prova e lá estava ele em letras garrafais: REPROVADO.
A menina ficou triste, um vazio gigante surgiu dentro dela, o sonho parecia ter ido embora, a decepção consigo mesma foi grande e para aliviar o seu sofrimento chorou lágrimas de eucaliptos na terra.
É triste quando não se realiza um sonho, pensou a menina. Mais triste ainda quando sabemos que chegamos tão perto de conquistá-lo e por muito pouco não conseguimos. Porém, a menina prometeu fazer tudo de novo no próximo ano até conseguir realizar o seu sonho. Isso era determinação. Pessoas determinadas não desistem nunca, mesmo com tantos problemas diante de si. E a menina tinha muitas dificuldades que vocês saberão, um dia. Ela mesma virá contar-lhes.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é determinação?

2 – Por que é importante ter determinação?

3 – Como nos tornamos determinados?

4 – O que a determinação faz conosco?

4 – Por que não devemos desistir nunca dos nossos sonhos?

Desenhe você sendo determinado.

Sexto ano