A menina da carinha ao contrário

Diana deixa-me maluca
Com aquela carinha ao contrário
Fico tonta, meio desconfiada
O mundo estará de pernas pro ar?

E assim vai Diana, a moça da bela voz
Com um olhar de cabeça para baixo
A expressar emoções de chuva

Diz-me ideias aquela carinha e eu rio
Rio cheio de peixinhos na palma da mão
Enlouqueci? Foi a carinha que sorriu pra mim?
O sorriso da metamorfose das estações

Vou-me embora sem malas e passagem
Conhecer carinhas viradas
Quem sabe eu também seja assim…

Rosângela Trajano

Exercícios para o bom pensar.

1 – Você já se sentiu de carinha virada?

2 – Como você vê o mundo?

3 – Como seria o mundo se ficasse de carinha virada?

4 – Por que algumas pessoas necessitam virar a carinha ao contrário, às vezes?

5 – O que o mundo tem nos mostrado nos últimos dias?

Desenhe você de carinha virada, ou seja, ao contrário fazendo alguma coisa pelo mundo.

Segundo ano