A humanidade está esquecendo o amor ao próximo

Rosângela Trajano

Ontem a minha sobrinha que trabalha num hospital desceu do ônibus e saiu caminhando pelas ruas com a sua bolsa e algumas coisinhas que sempre traz para vender às pessoas, tipo: tapioca, cuscuz e cocada. Uma mulher muito meiga e carinhosa. Está sempre pronta para ajudar o próximo. Enfermeira cuidadosa e humilde. Dessas pessoas que a gente encontra uma vez na vida.
De repente, ela tropeçou numa pedra no meio da rua e caiu. Coitada! Machucou o joelho esquerdo, feriu as mãos e as suas coisas se espalharam pelo chão. Buscou levantar-se por duas vezes e não conseguiu com a dor da queda.
Havia muitas pessoas na rua, mas ninguém fez nada para ajudá-la. Ficaram olhando o seu desespero para levantar-se. Algumas pessoas ainda ousaram fotografar e outras filmaram a cena da queda.
Muito envergonhada, triste e com dores ela ficou em pé e recolheu as suas coisas do chão. Caminhar parecia impossível, pois sentia muitas dores no joelho. Mas, sem ajuda buscou equilíbrio e forças dentro de si para chegar até o seu local de trabalho e pedir ajuda.
As pessoas que viram o acontecimento nada fizeram por ela. Esqueceram do amor ao próximo e do sentimento de caridade. Parece até que nunca precisarão umas das outras. O gesto de fotografar a cena é um dos mais cruéis e absurdos que tenho visto para com vítimas de algum acidente ou homicídio. Há muitos vídeos e fotografias sobre pessoas mortas ou feridas espalhadas na Internet. Não há mais respeito pela vida humana. Para onde está indo a humanidade?

Exercícios para o bom pensar.

1 – Por que não ajudamos mais as pessoas?

2 – Por que não somos mais caridosos?

3 – Por que é importante amar ao próximo?

4 – Por que as pessoas preferem fotografar uma pessoa ferida do que ajudá-la?

5 – Para onde está indo a humanidade?

6 – O que podemos esperar da humanidade nos próximos anos?

7 – Você costuma ajudar as pessoas? Como?

8 – Você já precisou de ajuda longe de casa? Alguém ajudou?

9 – Ainda é possível acreditar no amor ao próximo?

10 – Como você se sente diante da humanidade contemporânea?

Escreva um texto com, no mínimo, 06 linhas sobre o que você acha do amor e respeito ao próximo.

Nono ano