Pequeno habitante

O pequeno habitante
Certo dia apareceu
No meio do nada
Uma queda sofreu.

Veio de longe
De um pequeno lugar
Com nome esquisito
Onde há flores a sonhar.

O pequeno habitante
Que nunca viu o mar
Ficou deslumbrado
Com a rede de pescar. 

Rosângela Trajano

Poesias para Crianças